17 de setembro de 2013

Apenas Cidadã


Depois de usufruir de merecidos dias de descanso, e ter a oportunidade de conhecer outras culturas, desembarco na Pátria amada. E como tudo neste país só piora, fico esperando 1 hora e 40 minutos pela bagagem. Com um detalhe, sempre dá para piorar, uma das malas havia sido aberta.

Triste, felizmente não houve subtração de bens, não havia o que ser furtado, embora imaginar que alguém violou minha privacidade é revoltante. Essa situação é comum nos aeroportos pelo país, e vergonhoso. Ninguém faz nada. Não existe cacique nesta tribo.


Esses fatos vem validar minha decepção com essa Pátria. Durante minhas férias fui abordada por pessoas, interessadas em participar dos próximos eventos aqui no Brasil, e com um imenso pesar, não pude faltar com a verdade, e fiz o que se deve fazer, dizer a verdade. " Não vá ao Brasil", infelizmente ainda não temos estrutura para receber o turista, como ele nos recebe. Digo isso com a convicção da verdade.

Nos brasileiros paulistanos somos sobreviventes desta metrópole, vivemos com medo, em constante sinal de alerta, isso sem fazer exagero algum. Quem transita pela cidade pode validar o que digo. Uma amiga me confidencio, que o filho caçula pediu ao pai para presenteá la com um carro de aço e vidros fortes. Ele presenciou um assalto no banco traseiro do carro. É de cortar o coração, mas um carro blindado é o sonho de consumo de muitos paulistanos, principalmente as mulheres. Estamos no limite da tolerância para coabitar esse lugar, chamado BRASIL.

Devemos a nossos filhos uma cidade possível de viver, digna para todos.

Observamos que essa situação piora a olhos nus. O coração histórico de São Paulo, a Praça da Sé virou a Cracolândia. Um caos sem tamanho que se espalha por todo o centro velho. O bairro da Liberdade que sempre foi famoso e atraia muitos turistas hoje é assombrado, sujo e abandonada a sorte.

Aonde estão nossas autoridades? Porque nos calamos? Logo teremos eleições e ai começa a palhaçada de sempre. Que tal usarmos nariz de palhaço neste dia. Eu me sinto assim, uma palhaça, que paga imposto, e não pode usar hospital público, escola pública e agora faculdade pública. Paga ainda seguro de casa, de carro, de vida e continua sem segurança.

Assistir aos telejornais é outra coisa horrível, só ouvimos o que eles querem contar, de uma forma bem política, se você mudar de canal terá a oportunidade de assistir outras coisas, mas cuidado se apertar o controle remoto sai sangue. A única preocupação da impressa é audiência, e elas fazem qualquer coisa para obter o sucesso.

Podemos e devemos nos manifestar de forma pacifica, mostrar nossa cara e nosso titulo de eleitor. Vamos bater palmas em filas, em situações como essa no aeroporto e em todos os postos de atendimento público, que passamos horas, sem a devida atenção. Vamos buzinar no trânsito, você imagina uma avenida movimentada em horário de pico, com todos buzinando. Isso sim é barulho. Afinal estamos ali parados todos os dias, hora e lugar perfeito.

Deixo minha sugestão, quem se sentir desrespeitado como eu, pode fazer.

Divulgue e participe desta campanha!!!!  Use as mãos para buzinar e aplaudir o caos!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário