23 de junho de 2015

Relacionamentos

" Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida.
Detesto quando escuto aquela conversa:
- Ah, terminei o namoro...
- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...
- Cinco anos...que pena...acabou...
- É...não deu certo...

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.

Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
ÀS vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.

Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.
E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante...e se o beijo bate...se joga...se não bate...mais Martini, por favor...e vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.
Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar...ou não.

Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.
Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa realmente gostar, ela volta. Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?
O legal é alguém que está com você, só por você. E vice-versa. Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós.

Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?

Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração...Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.
E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse...A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com esse papo, corra, afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar...ou se apaixonar...ou se culpar...
Enfim...quem disse que ser adulto é fácil??? "

Arnaldo Jarbor


9 de junho de 2015

Quem é você Alasca

Não curti a leitura. Talvez porque o livro seja direcionado para o público adolescente. Romance água com açúcar. Apesar da personagem Alasca ser forte e empolgante, deixou a desejar, até por não ser a personagem principal.

Para Sempre Alice

Definitivamente um filme pra chorar. Adorei a interpretação de Julianne Moore. É tão intenso ver, e por alguns segundos se imaginar no lugar de Alice. O nosso bem mais preciso é a nossa história, sem ela tudo parece não ter mais sentido. Uma história que conecta. Amei.

Ter...


Sabemos tão pouco sobre nós, ou sobre o amor. As dúvidas e incertezas caminham com a intimidade dos nossos sonhos. Nessa ciranda da vida, o ter ou ser, pouco importa. Existimos no silêncio de pensamentos e desejos. Assombrados com o que poderia ser.
Alguns irão se encontrar um pouco nesse pensamento de  Paulo Coelho, Vale a leitura e a reflexão.

"... Se eu tivesse que contar hoje minha vida para alguém, poderia fazê-lo de tal maneira que iriam me achar uma mulher independente, corajosa e feliz. Nada disso: estou proibida de mencionar a única palavra que é muito mais importante que os onze minutos ** - o amor.
Durante toda a minha vida, entendi o amor como uma espécie de escravidão consentida. é mentira: a liberdade só existe quando ele está presente. Quem se entrega totalmente, quem se sente livre, ama o máximo.
E quem ama o máximo, sente-se livre.
Por causa disso, apesar de tudo que posso viver, fazer, descobrir, nada tem sentido. Espero que este tempo passe rápido, para que eu possa voltar à busca de mim mesma - encontrando um homem que me entenda, que não me faça sofrer.
Mas que bobagem é essa que estou dizendo? No amor, ninguém pode machucar ninguém; cada um de nós é responsável por aquilo que sente, e não podemos culpar o outro por isso.
Já me senti ferida quando perdi os homens pelos quais me apaixonei. Hoje estou convencida de que ninguém perde ninguém, porque ninguém possui ninguém.
Essa é a verdadeira experiência da liberdade: ter a coisa mais importante do mundo, sem possuí-la...
(trecho, Paulo Coelho)

2 de junho de 2015

Um Pouco Mais de Grey


Não foi o suficiente, ficamos com aquele gosto de quero mais, e esse mais chegou. O DVD de Cinquenta Tons de Cinza, versão inédita, trouxe mais um pouco de romance, um pouco mais de Grey. As cenas de sexo, ficaram alguns segundos mais quentes, uma em especial mostrou novo ângulo. E no final, mais alguns instantes, um outro fim, para nós loucas por essa história. Valeu a pena a compra, agora tenho só pra mim. Super indico.