26 de março de 2015

Melhor aos 40




Foi fácil chegar aos 40 anos, difícil é olhar no espelho e me ver com 20 anos, sou jovem, uma mulher ainda cheia de sonhos, pensamentos, desejos, algumas certezas e muitas incertezas. Não perdi meu tempo lamentando por nada, vivo cada dia novo, como um jovem espirito que ainda  não viveu o suficiente. Há dentro do meu ser, um desejo enorme de correr, de jamais ficar parada, uma necessidade difícil de ser saciada em conquistar e planejar. Acho que tudo isso me deixa viva, ativa e mais feliz.

Nunca lamentei pelo que não fiz, seria hipócrita, porque minhas escolhas me trouxeram até aqui, me fizeram ser que eu sou. lamento algumas vezes, o que disse, e de diversas formas ter magoados pessoas queridas. Mas aos 40, muitas feridas já foram fechadas, apreendemos a nos perdoar, e a seguir em frente. Sempre fui muito vaidosa, com certeza esse é o meu pecado capital, cuido do meu corpo da mesma forma que cuido do meu espirito, com zelo e carinho, afinal, ele é uma maquina, e foi me confiada para levar adiante uma alma a realizar suas tarefas e viver essa vida.
Aos 18 anos, meus sonhos eram diferentes, o casamento e principalmente a maternidade me mudaram, é com certeza um linear de duas mulheres diferentes. Amo minhas filhas todos os dias, e tenho certeza que para sempre, mesmo quando não mais for a mãe, existem laços na vida indissolúveis.

24 de março de 2015

Do Sal ao Céu


Depois de procurar em várias livrarias, finalmente encontrei. Mais um livro no meio de tantos outros que adorei ler. Foi uma experiência incrível. Adorei ter lido, podemos incluir nos 100 melhores.
Um pequeno trecho. " Viver é aceitar que a morte é apenas um pequeno intervalo, que tem como finalidade fazer a alma humana evoluir e desprender-se dos pequenos vínculos materiais e mentais que prejudicam o entendimento da eternidade".

11 de março de 2015

Vocação




Se você não sabe qual é a sua verdadeira vocação, imagine a seguinte cena: Você está olhando pela janela, não há nada de especial no céu, somente algumas nuvens aqui e ali. Aí chega alguém que também não tem nada para fazer e pergunta: Será que vai chover hoje?

Se você responder "com certeza"...a sua área é vendas: O pessoal de vendas é o único que sempre tem certeza de tudo.
Se a resposta for "sei lá, estou pensado em outra coisa"...então a sua área é marketing: O pessoal de marketing está sempre pensando no que os outros não estão pensando.
Se você responder "sim, há uma boa probabilidade"...você é da área de engenharia: O pessoal da engenharia está sempre disposto a transformar o universo em números.

Se a resposta for "depende"...você nasceu para recursos humanos: Uma área em que qualquer fato sempre estará na dependência de outros fatos.
Se você responder "ah, a meteorologia diz que não"...você é da área de contabilidade: O pessoal da contabilidade sempre confia mais nos dados no que nos próprios olhos.

Se a resposta for "sei lá, mas por via das dúvidas eu trouxe um guarda-chuva" :Então seu lugar é na área financeira que deve estar sempre bem preparada para qualquer virada de tempo.
Agora, se você responder "não sei"... há uma boa chance que você tenha uma carreira de sucesso e acabe chegando a diretoria da empresa.

De cada 100 pessoas, só uma tem a coragem de  responder "não sei" quando não sabe. Os outros 99 sempre acham que precisam ter uma resposta pronta, seja ela qual for, para qualquer situação.
"Não sei" é sempre uma resposta que economiza o tempo de todo mundo e predispõe os envolvidos a conseguir dados mais concretos antes de tomar uma decisão.
Parece simples, mas responder "não sei" é uma das coisas mais difíceis de se aprender na vida corporativa.

Por quê?
Eu sinceramente "não sei", por Antônio Ermírio de Moraes