9 de abril de 2015

Gente Tóxica


Por mais difícil que seja admitir, nesse mundo onde vivemos, estamos rodeados de pessoas tóxicas, é fácil identifica-las, pela amargura, inveja, fracasso, intrigas, mentiras e jogos de manipulação. É perigoso e nocivo conviver com essa energia.
O mal existe, assim como o bem, enquanto que o bem é luz, o mal é escuridão. Todos nós temos o positivo e o negativo, mas existem os que deixam aflorar e predominar somente o negativo.

O bem e a luz, brilham, e sempre chamam a atenção na escuridão, funciona como um farol, onde todos querem se aproximar. Precisamos estar bem equilibrados e conectados ao superior, para não se deixar influenciar por essas energias. Essas pessoas querem de todas as formas nos envenenar, primeiro se fazem de amigos, de companheiros, sempre com a intenção de saber tudo sobre nós, desejam fazer parte da nossa rotina, das nossas amizades e da nossa família, para assim criar uma rede de intrigas. São os vampiros do universo, sem luz própria, precisam consumir nossa energia vital, tudo para se sustentar e estar sempre em evidência. A primeira impressão que temos, é que são pessoas doces, gentis e extremamente solícitas. Desconfie de muita bajulação, de proximidades rápidas e gestos e palavras contraditórias.
Essas pessoas tem o ego superlativo para compensar a sua extrema falta de amor próprio. Usam as pessoas conforme seus interesses, quando são desmascaradas, não medem esforços para espalhar discórdia e intrigas.

As vezes acreditamos que podemos conviver com essas energias, e continuar saudável, não se engane, não temos o poder de mudar as pessoas ou as energias de outros.
Tenha cuidado, se manter afastado é o melhor caminho, deixe essa energia ir, perdoe, desapegue-se. Só faz parte da sua vida as situações e pessoas as quais atraímos, por necessidade e aprendizado. Vibre na luz, no bem, não julgue, simplesmente caminhe com propósitos sólidos e verdadeiros. O bem sempre vence, a luz é muito poderosa, só precisa que você acredite e tome posse dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário